Obesidade no Brasil

A obesidade é uma doença causada pelo excesso de acúmulo de gordura corporal, elevando o risco de problemas cardíacos, problemas vasculares, diabete, artrite e distúrbios do sono. Geralmente, define-se como obesa a pessoa que tem uma dieta hipercalórica e não pratica exercícios físicos, porém sua causa também pode ser genética, adquirida por medicamentos e transtornos mentais. O seu diagnóstico é feito através do Cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), que é o padrão definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para calcular o IMC, basta dividir o peso do indivíduo pelo quadrado de sua altura, considerando-se obeso o paciente que tiver o resultado deste cálculo acima de 30.

Exemplo de Cálculo de IMC

Indivíduo possui 1,74 m de altura e pesa 100 quilos. Efetuando o cálculo:

100 ÷ 1,74²

100 ÷ 3,0276 = 33,03

Portanto, neste exemplo, o paciente se enquadra no quadro de Obesidade de Grau 1.

A Obesidade no Brasil

obesidade-no-brasil

A taxa de obesidade no Brasil é preocupante e tem crescido a cada ano. Segundo uma pesquisa feita recentemente na revista Lancet: O Brasil ocupa a 5ª colocação entre os países com a maior quantidade de pessoas obesas do mundo, perdendo apenas para: Estados Unidos, China, Índia e Rússia.

São mais de 58% de mulheres e 52% dos homens nestas condições. E, para se ter ideia de como a situação nacional é alarmante, a média mundial de obesidade gira em torno de 37,5% da população mundial, portanto 17,5 pontos percentuais abaixo da média brasileira.

No estudo foi constatado que essa taxa assustadora de obesidade se dá pelo consumo excessivo de calorias, aliado ao sedentarismo, frutos do estilo de vida moderna e agitado, onde as pessoas têm cada vez menos tempo para se dedicar ao corpo e a uma alimentação saudável.

A indústria alimentícia também é forte aliada a este aumento de pessoas obesas. Os alimentos industrializados são invariavelmente mais baratos do que alimentos orgânicos e acabam abusando do excesso de sódio e gordura saturada para fazer os alimentos durarem por mais tempo. Sendo estes dois elementos alguns dos mais prejudiciais para a saúde se forem consumidos em excesso.

Tratamentos da Obesidade

O tratamento da obesidade tem que ser sempre acompanhado por um médico, pois como é um tratamento a longo prazo é preciso elaborar um plano de ação e colocar metas para serem atingidas.

Na maioria dos casos, a obesidade pode ser tratada com uma mudança no estilo de vida, realizando uma reeducação alimentar e implementando à rotina do paciente a prática de exercícios físicos regulares.

Em casos muitos avançados é necessário que seja realizada uma Cirurgia Bariátrica para a redução do estômago.

Sempre consulte um profissional capacitado quando o assunto é sobre a sua saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *